Estão em nosso universo

domingo, 1 de maio de 2011

Robert Capa - Fotografias

Olá amigos,
Nesta semana, em mais uma de minhas idas à biblioteca, trago o livro "Robert Capa/Fotografias", essa obra é uma reunião das melhores fotografias escolhidas  de uma amostra de 937 imagens pré-selecionadas de um acervo de  aproximadamente 72 mil negativos que Capa produziu durante a vida(1913-1954).  Robert Capa (pseudônimo de Endre Friedman) foi um dos melhores fotógrafos do do século XX, o primeiro a fotografar de muito perto os acontecimentos de guerras tais como a Guerra Civil Espanhola,  a Segunda Guerra Sino-Japonesa, a Segunda Guerra Mundial na Europa (Londres, Itália, Batalha da Normandia em Omaha Beach, e liberação de Paris), no Norte da África, a Guerra Árabe-Israelense de 1948 e a Primeira Guerra da Indochina. No início, as fotografias de guerras  eram estáticas e distanciadas, foi Robert Capa com sua Leica 35 mm, discreta e que permitia maior mobilidade, que inaugurou a capituração de imagens que retratassem os rostos, os gestos e os sentimentos de pavor, tristeza, desamparo... das vítimas, dos heróis e dos combatentes de guerra.

Robert Capa, durante a cobertura da Guerra Civil Espanhola, em 1937. Foto de Gerda Taro.

Foi na na guerra Civil Espanhola que Robert Capa se tornou famoso mundialmente ao fotografar um combatente anti franquista no exato momento em que levou um tiro, próximo ao cerco Muriano (fronte Córdoba), por volta de 05 de setembro de 1936. 

"Robert Capa/Fotografias" por Igor Bakht e Teresa Engle.

Fotos de Guerra
Guerra Civil Espanhola
Centro Provisório de refugiados durante a evacuação da cidade de Barcelona, janeiro de 1939.


Madri, inverno de 1936-37.

China 1938

Após ataque aéreo japonês, Hankou, julho-setembro de 1938.

Itália 1943-1944

Soldado ferido próximo de Nápoles, setembro de 1943.

Posto de Comando da retaguarda dos EUA, 45ª Divisão de Infantaria, Venafro (próximo a Cassino), dezembro de 1943.


Médico americano atende soldado alemão capturado.


Próximo a Troina, Sicília, agosto de 1943.

Funeral de vinte adolescentes partigiàni no distrito de Vomero, Nápoles, 02 de outubro de 1943.

França 1944

Tropas dos EUA desembarcando no Dia D em Omaha Beach, costa da Normandia, 06 de junho de 1944.

Homens da 82ª Divisão Aérea dos EUA, St. Sauveur-le-Vicomte, Normandia, 16 de junho de 1944.


Mulher francesa com o seu bebê, filho de um soldado alemão. Ela teve a cabeça raspada como punição depois da libertação da cidade, Chartres, 18 de agosto de 1944.

Alemanha 1945

Soldado americano morto por franco-atiradores alemães, Leipzig, 18 de abril de 1945.

Berlim, agosto de 1945.

Leste Europeu 1947-1949

As ruínas assustadoras do gueto, Varsóvia, 1948.

Israel 1948-1950

Imigrantes recém-chegados, Haifa, 1949.

Japão 1945

Tóquio, abril de 1954.

Indochina 1954
No caminho de Namdinh a Thaibinh, 25 de maio de 1954.


No caminho de Namdinh a Thaibinh, 25 de maio de 1954.

Ao longo da estrada de Namdinh a Thaibinh, 25 de maio de 1954. Esta é a última fotografia que Capa tirou antes de ser morto num campo minado.


Fotos de Celebridades
Robert Capa capa não apenas fotografou guerras, mas também famosos e amigos como Pablo Picasso em tempos de paz.

Leon Trotsky em conferência sobre a história da Revolução Russa a estudantes, em Copenhague, Dinamarca, 27 de novembro de 1932. A cobertura das aulas de Trotsky foi o primeiro trabalho publicado por Capa.

Ernest Hemingway, Londres, maio de 1944.

Ernest Hemingway, Sun Valley, Idaho, novembro de 1940.

Henri Matisse, Cimiez (Nice), agosto de 1949.

Henri Matisse, Cimiez (Nice), agosto de 1949.


Pablo Picasso, Golfe-Juan, França, agosto de 1948.


Pablo Picasso e Françoise Gilot (ao fundo, o sobrinho de Picasso, Javier Vilato), Golfe-Juan, França, agosto de 1948.


Gene Kelly,Paris, 1953.



Um pouco mais sobre Robert Capa

Robert capa em Paris, 1952. Fotografia de Ruth Orkin.
(Que olhar lindo!)

Robert Capa nasceu em Budapeste em 22 de Outubro de 1913. André Friedman de batismo, estudou Ciências Políticas na Universidade de Berlim entre 1931 e 1933. Foi fotógrafo autoditata, tendo começado a trabalhar como assistente de um laboratório fotográfico na Ullstein (editora). Em 1933, emigrou para Paris onde, para escapar à perseguição nazi, mudou o nome para Robert Capa e começou a trabalhar como fotógrafo independente. As suas fotografias da Guerra Civil de Espanha atraíram a atenção para o seu nome em Paris. A sua primeira série já incluía a Morte de um Legalista Espanhol, que continua a ser a sua fotografia mais conhecida e discutida. Daí em diante dedicou-se a ser fotógrafo de guerra. O seu talento para transmitir de forma penetrante os sentimentos e sofrimento das pessoas nas guerras civis ou rebeliões numa só fotografia, valeu-lhe grande admiração e fama internacional. A sua obsessão pelo trabalho fez dele o mais célebre dos correspondentes de guerra do século XX. Mas Capa não se limitou a criar um modelo e a desempenhar um trabalho exemplar. A sua obra é um manifesto contra a guerra, a injustiça e a opressão. No dia 25 de Maio de 1954 foi fatalmente ferido em Thai-Binh, no Vietnam. A sua morte foi a consequência trágica do seu próprio lema: 

"Se as tuas fotos não são suficientemente boas,
é porque não estás suficientemente perto"
Robert Capa
Fonte deste pequeno texto:
Expediente Geral
Texto: Waleska Bruno
Fotos: Robert Capa
Todos os crédito das fotos reservados ao fotógrafo Robert Capa.

2 comentários:

  1. Parabénsss!! Um bom blog!!!!Um ótimo gosto!!
    Qualquer coisa...podemos trocar conhecimentos...

    www.dentrodeumlirioazul06.blogspot.com

    Paula

    ResponderExcluir

Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo dos artigos.

Desenhos na Calçada Julian Beever

Dicas de livros, filmes, música...

  • The Cure
  • Modigliani - Paixão pela Vida - Diretor: Mick Davis
  • Blade Runner: O Caçador de Andróides
  • Nosferatu. (1922) - Bram Stoker
  • O outono do patriarca - Gabriel G. Márquez
  • Contos de fadas politicamente corretos - J. F. Garner
  • Contos de Enganar a morte - Ricardo Azevedo
  • Meu filho, minha filha - Carpinejar

Quem sou eu

Minha foto

Professor de Artes da SEDF, Bonequeiro na Cia. Titeritar, artista plástico colaborador no blog: http://ateliartsaofrancisco.blogspot.com.br/ e autor dos blogs: http://universosdarte.blogspot.com.br/ e http://www.titeritar.com.br/